Projeto Tracksource


Dica passada pelo colega Chicão:
	Sei que a grande maioria utiliza a técnica de baixar imagens do Google Maps, ajustar no GTM, usar como fundo
e desenhar por cima no Trackmaker. Eu inclusive já a utilizei por muito tempo. Mas hoje em dia eu uso outro método,
com o qual obtenho muito mais produtividade e acho muito mais fácil.
	Eu desenho direto sobre o Google Earth (adicionar caminho) sem me preocupar com nós em cruzamentos e com deslo-
camentos da foto.
	Traço grandes áreas em um único track, fazendo grandes retas nas vias e usando grandes segmentos em diagonal
para "“pular"” do fim de uma rua para o iní­cio de outra.
	No Google Earth a resolução da foto é muito melhor e a movimentação e zoom sobre a foto são muito melhores.

	Assim obtenho um emaranhado quadriculado onde as diagonais "“de retorno"” se destacam visualmente.
	Salvo este caminho como kml, abro no GTM, formato com uma cor berrante, clico  nas diagonais, apago os segmen-
tos de retorno, fragmento e apago as pontinhas que sobram.
	Feito isso, incluo neste arquivo o track de calibração, com uma cor diferente da berrante que usei no desenho.
	Seleciono por estilos os tracks do desenho, clico e arrasto para "encaixar" o melhor possí­vel sobre os tracks
de calibração.

	Calibrado, copio e colo sobre o mapa, conecto as pontas da área traçada no que já existe e a partir daí­ vou
nomeando e formatando rua por rua.
	Quando acabarem os tracks de cor berrante, o trabalho está pronto.

Para gravar:
	Você vai traçando e mantenha a Janela do Caminho aberta num canto da tela.
Quando terminar o que quer traçar, vá nesta janela e dê um nome para o caminho (ou simplesmente deixe como
Caminho sem Tí­tulo, que é o Default).
	Pressione OK, ela vai fechar.
	Na barra branca que há do lado esquerdo da tela, tem uma lista de pastas e debaixo da pasta Lugares temporários,
você verá um item com o nome do caminho que vc deu (ou caminho sem tí­tulo).
	Clique com o botão direito sobre o caminho e escolha "€œSalvar  lugar como"€.
	Na janelinha de salvar, escolha a pasta do seu computador e mude o tipo de arquivo de KMZ para KML.
	Pronto! Depois é só abrir o KML com o TrackMaker....